Conectividade IPv6 em casa – Parte 2

VN:RO [1.9.11_1134]
domingo, 13 d maio d 2012
Por Hernan Martinez, Comp08


Olá pessoal.  Como eu havia prometido (a mais de um ano atrás :) ) e também porque o dia mundial de lançamento do IPv6 está logo aí (dia 6 de junho) resolvi escrever a segunda parte do tutorial de Conectividade IPv6 em Casa.

Ao término deste tutorial, todos os demais dispositivos da sua rede em casa que possuam suporte ao IPv6 conseguirão conectar-se à internet via IPv6.

Após seguir o tutorial da Parte 1 você já deve  possuir umas das duas configurações abaixo:

  • Com roteador doméstico + NAT:
  • Computador direto na internet com IPv4 público Global Unicast:

Sub rede com ips válidos na internet IPv6

Até alguns meses atrás, após conseguir o túnel pelo site do projeto SIXXS, era necessário manter o túnel ativo por uma semana para conseguir realizar o pedido de alocação de subrede . Porém hoje, todos os usuários que possuem um túnel já possuem também um prefixo de subrede /64 alocado.
Faça o seguinte:

  1. Entre no site do projeto SIXXS no endereço www.sixxs.net e faça o login no link Login for Existing Users.
  2. Na tela de configurações onde são exibidos os dados do usuário e os túneis haverá também uma tabela com as subredes. Verifique se o prefixo de subrede está ativado, caso contrário, clique no ID da subrede e ative o mesmo.

Pronto. Agora o PoP anuncia a rota na Internet IPv6 dizendo que a sua subrede, por exemplo, 2001:1291:200:8123::/64 é acessível pelo roteador cujo IP é o IPv6 do túnel: 2001:1291:200:123::2.

Anote o Subnet Prefix da sua subrede pois será necessário na configuração do computador como roteador.

Detalhes do IPv6

Antes de configurar o Windows para funcionar como um roteador IPv6 é interessante conhecer uma parte do funcionamento do IPv6.

O IPv6 não implementa broadcast, logo não existe no IPv6 o equivalente a mandar um pacote para o endereço 192.168.1.255 sendo que todos os computadores da sub rede 192.168.1.xxx irão receber o pacote. No IPv6 a funcionalidade do broadcast é feita com multicast.

Mas, para o multicast funcionar as placas de rede devem possuir um endereço IP já atribuído e realizar o join no IP do grupo multicast. Sendo assim como funciona, por exemplo, o DHCPv6 já que não existe broadcast? E o ARP? Para responder isto basta você verificar que todas as suas placas de rede, mesmo antes de começar o tutorial na Parte 1, já possuíam um endereço IP começando com fe80::.

O IPv6 define que os 64 bits mais significativos são usados para definir as redes e os 64 bits menos significativos sejam usados para definir os hosts. Isto mesmo, a recomendação é que para cada usuário final seja fornecido um prefixo IP com 64 bits sobrando para usar nos dispositivos em casa, logo na sua casa você poderá ter 2^64 dispositivos com IPs diferentes todos com IPs reais da internet.

Endereços Link-Local

Todo dispositivo IPv6 possui um endereço IP automaticamente gerado assim que o driver IPv6 é ativado na interface e este endereço IP sempre pertence à rede fe80::/10.
A geração automática dos 64 bits menos significativos é feita automaticamente. Mas como garantir que não haja conflito? A resposta é se basear em algo que já esteja garantido em não conflitar. Se você pensou no endereço da camada de enlace você acertou. O MAC-Address é utilizado na geração automática dos 64 bits menos significativos dos IPs automáticos das placas de rede, porém o MAC-Address possui apenas 48 bits e para gerar 64 bits a partir dele segue-se a receita do padrão EUI-64 que insere os 16 bits 0xFFFE no meio dos 48 bits e inverte o 7º bit mais significativo do valor final.

IPv6 Link-Local gerado automaticamente

Alguns SOs não seguem o padrão EUI-64 para evitar que possa inferido facilmente o MAC Address da interface.

Assim, se você possui outros dispositivos IPv6 na sua rede local e se já compartilhava arquivos pelos compartilhamento do Windows, você já estava usando IPv6.:

Ping de resposta de um computador na rede do Windows

Grupo multicast all-nodes

Agora com todas as placas de rede com endereços IPv6 automaticamente gerados todas elas automaticamente assim que são ativadas realizam o join no grupo multicast all-nodes que representa “todos os dispositivos da camada de enlace”. A implementação do IPv6 definiu este grupo multicast com o endereço ff02::1. Assim, para realizar o equivalente ao broadcast do IPv4 basta enviar um pacote para o grupo multicast ff02::1.

Porém todos estes endereços IPv6 da subrede fe80::/10 são apenas endereços locais que servem para comunicação na rede local e não são endereços válidos na internet . Para os computadores acessarem a internet é necessário um roteador e que as placas de redes todas possuam um endereço válido. A implementação do IPv6 inclui um mecanismo feito para facilitar a configuração de redes IPv6 simples como é o cenário doméstico e que não utiliza necessariamente o bom e velho DHCP.

Router Advertisements

Após ingressar no grupo multicast os dispositivos enviam um pacote ICMPv6 do tipo Router Solicitation para o grupo multicast all-routers, ff02::2, e os roteadores que estiverem configurados respodem com o pacote Router Advertisement que informa o seu endereço IPv6 e qual o prefixo dos 64 bits superiores que a placa de rede deve usar para a autoconfiguração. Este funcionamento difere do DHCP pois não há a necessidade de configurar no roteador um intervalo de IPs.

Com o 64 bits superiores  a placa de rede gera os 64 bits inferiores usando o padrão EUI-64 e registra o endereço IPv6 do roteador que respondeu com o Router Advertisement como gateway para a internet. Assim a placa de rede conterá dois IPs. Um endereço link-local e um endereço real.

IPv6 após a resposta do gateway com Router Advertisement

O mecanismo acima descrito é chamado de Stateless Address Autoconfiguration em contraste com o uso do DHCPv6 para alocação de endereços IPv6 que é chamado de Stateful Configuration.

Se você quiser aprender mais sobre o IPv6 principalmente com relação ao serviços que usam o grupo multicast Link-Local recomendo o mini curso de IPv6 em flash do site www.ipv6.br. É extremamante didático e o capítulo Serviços Básicos do IPv6 foca nos pacotes ICMPv6 usados, por exemplo, no Router Advertisement e Router Solicitation.

Configurando o Windows 7/Vista para funcionar como um gateway IPv6

Basta agora configurar o Windows para encaminhar pacotes e respoder à pacotes Router Solicitation. Tenha em mãos o seu Subnet Prefix e o nome da conexão local usada para comunicar com os outros computadores da rede interna, por exemplo, “Conexão Local 1″ ou “Local Connection 2″.  Abra o Prompt de Comando como Administrador e digite :

1) netsh interface ipv6 add route [Seu Subnet Prefix]/64 [Nome da conexão local] publish=yes

Isto irá definir um endereço IPv6 real com o seu prefixo alocado pelo PoP  à sua placa de rede.

2) netsh interface ipv6 set interface [Adaptador virtual do túnel] forwarding=enabled

Isto irá ativar o encaminhamento de pacotes no adaptador de rede virtual do túnel 6in4.

3) netsh interface ipv6 set interface [Nome da conexão local] forwarding=enabled advertise=enabled
Irá ativar o envio de Router Advertisements na rede local.

Exemplo com os dados do início do post:

1) netsh interface ipv6 add route 2001:1291:200:8123::/64 “Conexão local 1″ publish=yes

2) netsh interface ipv6 set interface “sixxs” forwarding=enabled

3) netsh interface ipv6 set interface “Conexão local 1″ forwarding=enabled advertise=enabled

Pronto. Agora todos os dispositivos da sua rede doméstica terão endereços IPv6 reais da internet. Vá em outro computador e tente rodar o comando

ping ipv6.google.com

ou usando o seu celular via wi-fi na sua rede local navege para o site test-ipv6.com. Os celulares com Android já possuem suporte ao IPv6 via wi-fi.

VN:F [1.9.11_1134]
Rating: 5.0/5 (4 votes cast)
Conectividade IPv6 em casa – Parte 2, 5.0 out of 5 based on 4 ratings
Related Posts with Thumbnails

9 Comentários para “Conectividade IPv6 em casa – Parte 2”

  1. Olá Hernan. Parabéns pelo post!
    Eu queria saber se vc recomenda algum roteador wireless com suporte a IPv6 fácil de encontrar no Brasil, ou se com uma placa wireless PCI qualquer vc consegue usar ele como roteador.
    Obrigado! Abraços.

    VA:F [1.9.11_1134]
    Rating: 0 (from 0 votes)
    #991
  2. Hernan Martinez

    Ola Victor. Sim você pode usar a placa de rede wi-fi sim.
    Com relação a roteadores IPv6 já existem varios roteadores que suportam IPv6 no Brasil, mas o problem é encontrar roteadores que tambem façam o tunel 6in4 do projeto sixxs.
    O projeto SixXS matem uma Wiki com a lista de roteadores: http://www.sixxs.net/wiki/Routers

    VN:F [1.9.11_1134]
    Rating: 0 (from 0 votes)
    #992
  3. Eduardo Barasal Morales

    Olá hernan,

    bati o olho no seu post e achei um erro. Na frase: “Após ingressar no grupo multicast os dispositivos enviam um pacote ICMPv6 do tipo Router Solicitation para o grupo multicast all-nodes”.
    O dispositivo envia o Router solicitation para o grupo multicast all-routers (ff02::2) e não all-nodes.

    VA:F [1.9.11_1134]
    Rating: 0 (from 0 votes)
    #993
  4. Mose

    Sou professora e preciso de uma análise numa rede com IPV6 em meu colégio. Tenho as configurações. Entra em contato.

    VA:F [1.9.11_1134]
    Rating: 0 (from 0 votes)
    #1167
  5. Parabéns pelo post !!!

    VA:F [1.9.11_1134]
    Rating: +1 (from 1 vote)
    #1195
  6. gostei muito do seu post gostaria de entrar em contato com vc obrigado

    VA:F [1.9.11_1134]
    Rating: +1 (from 1 vote)
    #1204
  7. Muito bom o Post!!!

    cara você me deu o caminho, tirou varias dúvidas.
    estarei fazendo meu tunel e partindo para o IPV6.

    Mais uma vez, parabéns pela atitude. fica aqui um abraço.

    VA:F [1.9.11_1134]
    Rating: 0 (from 0 votes)
    #1265
  8. Genyê

    Ola, estou com uma duvida espero q posso me ajudar, pelo q ja li com ipv6 n sera necessario usar NAT na rede local e todo problema de redirecionamento de portas por exemplo seria resolvido automaticamente, então pensei em comprar um roteador e configurar a rede local de casa em ipv6, mas meu provedor não usa ainda ipv6 queria saber se vou ter alguma vantagem com o roteador ou n mudará nada?

    VA:F [1.9.11_1134]
    Rating: 0 (from 0 votes)
    #1568

Deixe um Comentário

Spam Protection by WP-SpamFree

Get Adobe Flash playerPlugin by wpburn.com wordpress themes