Mulheres na Computação

VN:RO [1.9.11_1134]
quarta-feira, 4 d novembro d 2009
Por Nathalia Sautchuk Patrício, Coop9. Siga no Twitter

Comemorando a estréia do blog e fazendo a primeira participação feminina, vou falar um pouco sobre a história da computação, que é o principal tema do blog. E porque não começar com a contribuição das mulheres na computação?

A história da computação possui muitos personagens que contribuíram para o seu desenvolvimento. Na sua grande maioria os personagens conhecidos dessa história são homens. Podemos citar muitos homens que contribuiram para a computação: Babbage, Boole, Turing, Von Neumann… E aonde ficam as mulheres nessa história toda?

Será que não houve nenhuma contribuição feita por uma mulher? Não digo daquelas mulheres que são tidas como “a primeira mulher engenheira de computação do mundo”, ou seja, a primeira mulher a fazer uma atividade que antes era dominada apenas por homens. Digo uma mulher que tenha sido o primeiro indivíduo, seja homem ou mulher, que contribuiu originalmente com alguma coisa para a computação.

Lendo um livro chamado “100 mulheres que mudaram a História do Mundo” acabei por achar essa mulher. O nome dela é Ada Byron, filha do conhecido poeta inglês Lord Byron. Também é conhecida como Ada Lovelace, por ter se casado aos 19 anos com o conde de Lovelace.

Ada Byron (Lovelace): A primeira mulher a contribuir com a Computação

Ada Byron (Lovelace): A primeira mulher a contribuir com a Computação

Sua grande contribuição para a história da computação é ter sido a primeira pessoa a descrever completamente o processo que hoje é conhecido como programação de computador.

Na época em que viveu também vivia um outro grande contribuinte no desenvolvimento da computação, o cientista Charles Babbage, que é tido como o pai dos computadores modernos. Ada conheceu o trabalho de Babbage e, traduzindo uma de suas teorias, acrescentou notas nas quais descrevia como alimentar a máquina analítica de Babbage com cartões perfurados, sendo tidas como os primeiros programas de computadores. Ada também previu a possibilidade da música computadorizada, afirmando que a música é matemática e, portanto, poderia ser adaptada para ser composta por uma máquina.

Em reconhecimento a suas contribuições originais, o Departamento de Defesa dos Estados Unidos nos anos 80 chamou a linguagem de programação de seu novo sistema de Ada. Essa é uma linguagem de programação estruturada, de tipagem estática, imperativa, orientada a objetos e é uma linguagem de alto nível, originada de Pascal e outras linguagens.

Para saber mais sobre a história da Ada, deixo os seguintes links:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Ada_Lovelace
http://www.museudocomputador.com.br/personalidades_adalove.php

VN:F [1.9.11_1134]
Rating: 5.0/5 (5 votes cast)
Mulheres na Computação, 5.0 out of 5 based on 5 ratings
Related Posts with Thumbnails

Tags: , , , ,

4 Comentários para “Mulheres na Computação”

  1. Ada Lovelace é a mãe da Persephone! xD

    VA:F [1.9.11_1134]
    Rating: +1 (from 1 vote)
    #42
  2. Este post me lembrou do prêmio “Brazil Women in Technology Award” do Google para mulheres estudantes de computação no Brasil:
    http://www.google.com/jobs/brazilwomen/

    VN:F [1.9.11_1134]
    Rating: +2 (from 2 votes)
    #43
  3. monica.silva.leite@gmail.com

    muito legal saber sobre mulheres na informática , quem sabe nao me torno uma Ada Byron

    VA:F [1.9.11_1134]
    Rating: 0 (from 0 votes)
    #463
  4. Muito bom este texto. Posso republicá-lo no site /MNT?

    VA:F [1.9.11_1134]
    Rating: 0 (from 0 votes)
    #1087

Deixe um Comentário

Spam Protection by WP-SpamFree

Get Adobe Flash playerPlugin by wpburn.com wordpress themes