O que é Hipervídeo?

VN:RO [1.9.11_1134]
domingo, 25 d outubro d 2009
Por Filipe M. S. de Campos, Coop10. Siga no Twitter

Graças a avanços tecnológicos, barateamento da banda larga e fenômenos da internet, os vídeos estão cada vez mais presentes em nosso cotidiano. Com a intenção de tornar esse tipo de mídia algo mais interativo, podemos chegar ao conceito de hipervídeo.

Da mesma maneira que passamos de documentos de texto isolados para o hipertexto, podemos repetir o processo para os vídeos e o que teremos serão osHipervídeo hipervídeos. Agora, assim como os hiperlinks em um hipertexto proporcionam navegabilidade dentro do próprio texto e a outros documentos externos, o mesmo pode ocorrer para o hipervídeo. Mas existe uma diferença com relação aos links nesses dois contextos. Em um hipervídeo, o link depende também do tempo e do espaço, portanto ele não é mais estático.

Um link pode ser referente a um objeto, podendo esse ser uma roupa, um carro, uma pessoa ou qualquer outro objeto que se deseje adicionar mais detalhes. Pode-se perceber então que um link pode mudar de posição, além de aparecer e desaparecer durante a execução do vídeo.

Os links podem levar o usuário a outras partes do mesmo vídeo ou ainda a outros vídeos, sendo esses dentro do próprio computador do usuário ou pela internet. Além disso, também é possível que os links levem para imagens, textos, sons, gráficos ou qualquer outro material que ajude a explicar com mais detalhes o objeto clicado, o que confere um grande potencial para esse tipo de mídia.

Esta forma de hipervídeo, que explora mais conteúdos complementares ao que aparece na imagem e permite a investigação mais detalhada dos objetos em estudo em mídias complementares recebe o nome de detail-on-demand. Esse tipo de abordagem é adequada para vídeos que explicam “como fazer”, nos quais um tópico explicado num nível mais abstrato pode ser detalhado quando o usuário clica em um elemento para visualizar aspectos mais específicos. Podemos citar então, vídeos de treinamento, educacionais, publicitários e até novos tipos de jornais onde seria possível se aprofundar mais em determinada notícia, enquanto em outras, o usuário decide apenas assistir de forma mais superficial.

Existe também uma outra abordagem para o hipervídeo. Essa está mais preocupada com os caminhos que um usuário pode seguir dentro de uma narrativa do que como detalhamento dos conteúdos presentes nela. Dessa maneira, é criada uma forma de narrativa multiperspectiva, onde as escolhas do usuário determinam o desdobramento da narrativa, permitindo a ele a interação direta com a história e seu desenrolar.

Nessa lógica, o hipervídeo proporciona ao espectador, assim como ocorre em jogos de vídeo-game, a experiência de interferir e, portanto, conduzir o foco da narrativa a partir de suas escolhas e interesses. Podendo então, enfatizar determinados personagens ou temas. Essa interferência causa um efeito cascata sobre o desenvolvimento da narrativa. Mais do que navegar por diversas possibilidades de desenvolvimento da história, há a reestruturação da história, impulsionada pelas escolhas realizadas pelo espectador. Um exemplo conhecido foi o Hypercafe. Ele permitia ao usuário seguir diferentes conversas, oferecendo oportunidades dinâmicas de interação que apresentam narrativas alternativas.

A utilização do hipervídeo dá ao usuário a habilidade de criar uma experiência não linear com esse tipo de mídia, o que permite sair de um papel mais passivo e tornar-se ator, definindo percursos e conteúdos a serem explorados. Logo, com a liberdade para criar seu próprio caminho, não dependendo de como o vídeo foi originalmente criado nem ficando restrito ao conteúdo superficialmente presente, a experiência com essa mídia se torna mais agradável, já que as escolhas são feitas pela própria pessoa que a utiliza.

-

Nas referências abaixo você encontra textos de blogs, wiki, artigos um pouco mais formais e outros nem tanto. Vale ressaltar que, apesar desse assunto ser relativamente novo e ainda estar em franco desenvolvimento e criação, os três primeiros links retratam exemplos de hipervídeos.

Consumo Consciente
Fizemos o Hipervídeo
Asterpix, um exemplo
Considerações sobre o hipervídeo
Hipertexto, HiperVideo, HiperFoto: Asterpix, Flickr e outras palavras
hipervídeo, design e usabilidade
-
Hipervídeo na educação
Wikipedia – Hypervideo
Hipervídeo – Janaina Moreira do Parocínio
A Picture of Hypervideo Today – Luis Fransisco Revilla
HVet: um Modelo Web de Hipervídeo Aplicado ao Ensino de Cirurgia Veterinária – Claudio Afonso Baron Tiellet, José Valdeni Lima, UFRGS, Eliseo Berni Reategui
Introdução à Hipermídia - Vanessa de Paula Braganholo
Aprender com Vídeo em Hipermédia – Teresa Chambel, Nuno Guimarães
Integração Multimédia em Meios e Ambientes Aumentados nos Contextos Educativos e Culturais – Nuno Correia, Teresa Chambel
Matching Interactive TV and Hypervideo – Sampaio Gradvohl, Andre Leon; Iano, Yuzo
-
-
VN:F [1.9.11_1134]
Rating: 5.0/5 (5 votes cast)
O que é Hipervídeo?, 5.0 out of 5 based on 5 ratings
Related Posts with Thumbnails

Filipe Morgado Simões de Campos
Filipe Morgado Simões de Campos

Mestrando em Ciência da Computação no tema de Visão Computacional e formado em Engenharia de Computação (2010). Atualmente, além de ser um dos administradores do Bit a Bit, alia seu mestrado ao empreendedorismo. Ainda, foi cofundador do Amo DinDin (2007) e desenvolveu parceria e produtos de busca com o BuscaPé, sendo um dos idealizadores do Pé Direito (2009).

Tags: , , , , , , , , , , , ,

3 Comentários para “O que é Hipervídeo?”

  1. Gostei dos exemplos de hipervídeo!

    Acho que tem muita coisa nessa área que pode ser feita com TV Digital, como por exemplo interagir com os objetos que aparecem nos vídeos.

    Esse outro artigo que você postou também vale a pena ler: http://www.andredeak.com.br/2007/05/03/fizemos-o-hipervideo/

    VN:F [1.9.11_1134]
    Rating: 0 (from 0 votes)
    #19
  2. judite

    Bueno,bueno,,, já poderão prestar serviçoes de webmaster e muito mais…

    VA:F [1.9.11_1134]
    Rating: 0 (from 0 votes)
    #44
  3. Bruno Toshyaki Maeda

    muito bom, Morgado!

    VA:F [1.9.11_1134]
    Rating: +1 (from 1 vote)
    #45

Deixe um Comentário

Spam Protection by WP-SpamFree

Get Adobe Flash playerPlugin by wpburn.com wordpress themes